BM News

Balsa entre Santa Tereza e São Valentim do Sul seguirá funcionando somente das 6h às 20h

Para receber a balsa, os municípios precisaram fazer investimentos para adequação das margens do rio que servirão de atracadouro

A previsão era de que a balsa instalada sobre o Rio Taquari para fazer a ligação entre os municípios de Santa Tereza e São Valentim do Sul começasse a operar 24h por dia a partir desta terça-feira (13). No entanto, por motivos de ajustes e de segurança isso não ocorrerá. A informação foi publicada pela empresa Lacel nas redes sociais e confirmada pelas prefeituras das duas cidades. Dessa forma, a estrutura, que está servindo como medida emergencial enquanto a ponte na RS-431, na localidade de Santa Bárbara, não é reconstruída, seguirá funcionando das 6h às 20h, sem previsão de ampliação no horário de atendimento.

A balsa começou a operar na última sexta-feira (9) e, conforme o prefeito de São Valentim do Sul, Geri Angelo Macagnan, a empresa ainda está se adaptando ao local. Ele informou que a Lacel comunicou a prefeitura sobre a mudança no cronograma na manhã de segunda-feira (12).

No último sábado (10), o nível do rio Taquari baixou cerca de um metro, e isso fez com que a estrutura atingisse uma pedra, danificando o rebocador e obrigando a interrupção da operação. As equipes de manutenção corrigiram o problema durante a noite e a madrugada, e a balsa voltou a funcionar na manhã de domingo (11).

Para receber a balsa, os municípios precisaram fazer investimentos para adequação das margens do rio que servirão de atracadouro. Entre instalação de vigas de contenção, colocação de pedras nas encostas, calçamento e pavimentação de vias, iluminação pública e trifásica, foram aportados cerca de R$ 480 mil pelas prefeituras de São Valentim do Sul e Dois Lajeados, e outros R$ 400 mil pela prefeitura de Santa Tereza.

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Balsa entre Santa Tereza e São Valentim do Sul seguirá funcionando somente das 6h às 20h

A previsão era de que a balsa instalada sobre o Rio Taquari para fazer a ligação entre os municípios de Santa Tereza e São Valentim do Sul começasse a operar 24h por dia a partir desta terça-feira (13). No entanto, por motivos de ajustes e de segurança isso não ocorrerá. A informação foi publicada pela empresa Lacel nas redes sociais e confirmada pelas prefeituras das duas cidades. Dessa forma, a estrutura, que está servindo como medida emergencial enquanto a ponte na RS-431, na localidade de Santa Bárbara, não é reconstruída, seguirá funcionando das 6h às 20h, sem previsão de ampliação no horário de atendimento.

A balsa começou a operar na última sexta-feira (9) e, conforme o prefeito de São Valentim do Sul, Geri Angelo Macagnan, a empresa ainda está se adaptando ao local. Ele informou que a Lacel comunicou a prefeitura sobre a mudança no cronograma na manhã de segunda-feira (12).

No último sábado (10), o nível do rio Taquari baixou cerca de um metro, e isso fez com que a estrutura atingisse uma pedra, danificando o rebocador e obrigando a interrupção da operação. As equipes de manutenção corrigiram o problema durante a noite e a madrugada, e a balsa voltou a funcionar na manhã de domingo (11).

Para receber a balsa, os municípios precisaram fazer investimentos para adequação das margens do rio que servirão de atracadouro. Entre instalação de vigas de contenção, colocação de pedras nas encostas, calçamento e pavimentação de vias, iluminação pública e trifásica, foram aportados cerca de R$ 480 mil pelas prefeituras de São Valentim do Sul e Dois Lajeados, e outros R$ 400 mil pela prefeitura de Santa Tereza.

Publicidade

Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )