BM News

Implicações burocráticas impedirão bento-gonçalvense de assumir cadeira na Câmara Federal

O empresário também é pré-candidato a prefeito do Município

O empresário bento-gonçalvense, Paulo Vicente Caleffi (PSD), que concorreu nas eleições de 2018 a uma vaga na Câmara dos Deputados, deveria assumir uma cadeira no parlamento, porém por implicações burocráticas, a necessidade inicial do afastamento do deputado Danrlei de Deus não ocorrerá mais. Caleffi conquistou 32 mil votos, garantindo a primeira suplência ao cargo.

A última vez que Bento Gonçalves esteve representada em Brasília foi há cerca de 30 anos, quando Darcy Pozza e Paulo Mincarone foram eleitos. A data prevista para a posse seria o próximo dia 12 de novembro. Caleffi assumiria uma cadeira no lugar do Deputado Danrlei de Deus, que iria se licenciar pelo período de quatro meses, provavelmente a partir de novembro, para se submeter a uma cirurgia e, ao mesmo tempo, para realizar cursos.

Segundo Caleffi, a presença de um representante de Bento Gonçalves na Câmara dos Deputados poderia fortalecer e resultar em projetos e benefícios para a cidade e região Metropolitana da Serra Gaúcha. 

O empresário também é pré-candidato a prefeito do Município e no momento voltará a ocupar seu cargo nas entidades de classe que representa e a administração da empresa Bertolini. 

Abaixo o comunicado oficial de Caleffi:

Ao povo de Bento Gonçalves, que me confiou mais de 18 mil votos no pleito para Deputado Federal de outubro de 2018, bem como aos eleitores de outras 380 cidades do Estado, esclareço que, no início deste ano, recebi comunicado do Deputado Danrlei De Deus Hinterholz dizendo que, por necessidade de afastar-se temporariamente da Câmara dos Deputados, sua vaga seria ocupada pelo primeiro suplente e que deveria me preparar para tanto.

Aceitei a proposição de ocupar a vaga do Deputado Danrlei, encaminhando meu afastamento da administração das Empresas Bertolini e de outras entidades de classe por ser exigência legal para quem ocupa cargo eletivo no Congresso Nacional. A data prevista para a posse seria o próximo dia 12 de novembro.

No dia 8 de outubro um novo comunicado do gabinete do Deputado Danrlei informou que “por implicações burocráticas” a necessidade inicial do afastamento não mais ocorrerá.


Permaneço com minhas atividades nas entidades de classe e nas Empresas Bertolini.

Paulo Vicente Caleffi

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Implicações burocráticas impedirão bento-gonçalvense de assumir cadeira na Câmara Federal

O empresário bento-gonçalvense, Paulo Vicente Caleffi (PSD), que concorreu nas eleições de 2018 a uma vaga na Câmara dos Deputados, deveria assumir uma cadeira no parlamento, porém por implicações burocráticas, a necessidade inicial do afastamento do deputado Danrlei de Deus não ocorrerá mais. Caleffi conquistou 32 mil votos, garantindo a primeira suplência ao cargo.

A última vez que Bento Gonçalves esteve representada em Brasília foi há cerca de 30 anos, quando Darcy Pozza e Paulo Mincarone foram eleitos. A data prevista para a posse seria o próximo dia 12 de novembro. Caleffi assumiria uma cadeira no lugar do Deputado Danrlei de Deus, que iria se licenciar pelo período de quatro meses, provavelmente a partir de novembro, para se submeter a uma cirurgia e, ao mesmo tempo, para realizar cursos.

Segundo Caleffi, a presença de um representante de Bento Gonçalves na Câmara dos Deputados poderia fortalecer e resultar em projetos e benefícios para a cidade e região Metropolitana da Serra Gaúcha. 

O empresário também é pré-candidato a prefeito do Município e no momento voltará a ocupar seu cargo nas entidades de classe que representa e a administração da empresa Bertolini. 

Abaixo o comunicado oficial de Caleffi:

Ao povo de Bento Gonçalves, que me confiou mais de 18 mil votos no pleito para Deputado Federal de outubro de 2018, bem como aos eleitores de outras 380 cidades do Estado, esclareço que, no início deste ano, recebi comunicado do Deputado Danrlei De Deus Hinterholz dizendo que, por necessidade de afastar-se temporariamente da Câmara dos Deputados, sua vaga seria ocupada pelo primeiro suplente e que deveria me preparar para tanto.

Aceitei a proposição de ocupar a vaga do Deputado Danrlei, encaminhando meu afastamento da administração das Empresas Bertolini e de outras entidades de classe por ser exigência legal para quem ocupa cargo eletivo no Congresso Nacional. A data prevista para a posse seria o próximo dia 12 de novembro.

No dia 8 de outubro um novo comunicado do gabinete do Deputado Danrlei informou que “por implicações burocráticas” a necessidade inicial do afastamento não mais ocorrerá.


Permaneço com minhas atividades nas entidades de classe e nas Empresas Bertolini.

Paulo Vicente Caleffi

Publicidade

Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )